Joesley adia depoimento e volta a SP

Joesley Batista decidiu voltar a São Paulo para se reunir com advogados, registra o Estadão.

Ele estava hoje em Brasília, onde prestaria à Polícia Federal um depoimento não relacionado ao caso dos novos áudios. Esse depoimento foi adiado.

Segundo o jornal, um dos advogados com quem Joesley se encontrará em SP é o também delator Francisco de Assis e Silva, diretor jurídico do grupo JBS.

 

12 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Os irmãos Picanha tripudiaram sobre a PGR e o STF, após a delação premiada, e deixaram Janot e Fachin envergonhados e com caras de otário. Agora, pretendem corrigir o erro com mais erros ainda. É evidente que se a delação é duvidosa e eivada de vícios, logo, toda a operação é considerada nula. Até a Globo, no afã de condenar Temer antecipadamente (dizem que por conta de uma dívida bilionária da empresa junto ao BNDES) e capitalizar a notícia como furo de reportagem , acabou se precipitando e divulgando aquele infeliz áudio durante dois meses ininterruptos. Triste fim dos irmãos Picanha e do Janot Quaresma.

  2. O irmão metralha esley vai pra cima e pra baixo, se tornou um executivo da delação, quem é que banca o jatinho? Ele mesmo? Pode usar tudo o que tem numa boa, cartão de crédito, pleno acesso à sua inestimável fortuna!? Que beleza! Brasil onde o crime compensa!