Joesley fala a investigadores americanos

Joesley Batista esteve em Brasília nesta semana para falar a investigadores do Departamento de Justiça dos Estados Unidos.

Vinculado ao governo americano, o “DOJ” é o equivalente ao Ministério da Justiça no Brasil, mas com poder maior de investigação, especialmente em fraudes financeiras.

O acionista da J&F falou dentro de um aditamento ao acordo de leniência fechado com o Ministério Público para colaborar com investigações envolvendo o grupo nos EUA.

Uma das cláusulas prevê que se houver pagamento de indenização fora do país, valor equivalente deverá ser depositado em favor do Brasil antes.

Você precisa saber quem são os novos 'donos do poder'. E precisa saber AGORA

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Paul disse:

    Jail this ra and criminal monte for 500 years.years.yes aan assassin help fbi dea

Ler comentários
  1. Paul disse:

    Jail this ra and criminal monte for 500 years.years.yes aan assassin help fbi dea

    1. Ele é muito superior. Ele seria o Ministério da Justiça.

  2. Gabriel disse:

    Como assim valor lá depositado aqui antes?

  3. Maria disse:

    Moro tem que aproveitar a nova parceria com os EUA para pegar esse ratão. A justiça americana não deve ser tão complacente quanto a brasileira.

  4. Davi disse:

    Tá na hora de prestar as contas cá e lá.

  5. Amapaense disse:

    Vish, o Brasil vai explodir, bem que Moro disse que mensalão e petrolão são só a ponta do iceberg...

  6. Eduardo disse:

    Iéss, Míster. Ái cooked up that maracutaia uíve o Janot, Ok? And Zi Antagonista góti into that and broke its face, talquêi? Bât ít failed, ugly, strongui and stinki, valeu? End of papo!

  7. Joaquim disse:

    Os açougueiros estão muito enrolados. 2019 promete.