JOESLEY: HOUVE DIVERGÊNCIA SOBRE NATUREZA DO PATROCÍNIO A IDP DE GILMAR

À PGR, Joesley Batista também comentou sobre os patrocínios a “vários eventos e palestras do Instituto de Direito Público”, do ministro Gilmar Mendes.

Ele revelou que a diretora do IDP, Dalide Corrêa, “procurou a empresa para o patrocínio” e que essa questão foi debatida com Marcelo Miller.

“Nessa de resolver o que seria ou não crime, veio essa questão e Francisco de Assis (diretor jurídico da JBS) disse que não era crime; que antes perguntou a Marcelo Miller e houve divergência de entendimento.”

Para o empresário, “não houve ilícito porque não teve nenhum benefício em troca”.

Pessoa da estrita confiança de Gilmar, Dalide é mencionada em recente reportagem da Veja, por causa de uma troca de mensagens com a advogada Renata Gerusa Prado, ligada à J&F. Ela estaria preocupada com possíveis implicações da delação da JBS.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 46 comentários
  1. Gilmar Mendes trai a pátria, enodoa a toga que veste e envergonha o STF e todo o judiciário brasileiro com sua parcialidade e descaramento. As instituições não terão como colocá-lo em seu devido lugar, assim sendo cabe a população mostrar toda sua indignação, diretamente nas ruas e em todos os logradouros públicos frequentados por este…..

  2. A moda dos Institutos, apenas para querer aparecer, Insituto do Gilmar , do Lula, do Klinton, só
    existe um instituto idôneo os” instituto de beleza”ali não tem crime a vida dos outro passa-se a limpo.

  3. A Sociedade e a Imprensa precisam exigir do STF que se posicione sobre esse Senhor.
    O Código de Ética da Magistratura estabelece que :”Art. 38. O magistrado não deve exercer atividade empresarial, exceto na condição de acionista ou cotista e desde que não exerça o controle ou gerência”.
    Já a LOMAN (Lei Orgânica da Magistratura) afirma: “Art. 36 – É vedado ao magistrado: I – exercer o comércio ou participar de sociedade comercial, inclusive de economia mista, exceto como acionista ou quotista; II – exercer cargo de direção ou técnico de sociedade civil, associação ou fundação, de qualquer natureza ou finalidade, salvo de associação de classe, e sem remuneração”.
    Pode até ser que, por mera questão formal, este Senhor não figure como administrador ou gerente, mas é inegável que ADMINISTRA sim o tal Instituto, tanto que negocia patrocínios ao mesmo, como informado acima. Este senhor faz o que quer e como quer, não respeita qualquer limite de atuação de um magistrado e todos fingem que não veêm. É preciso por um basta nisso. Somente os antagonistas para ajudarem nessa missão. Vcs ajudaram a tirarem DILMA, a aniquilarem a ORCRIM e seus asseclas, inclusive seu chefe mor. Está na hora de começas a depurar o Judiciário dessas figuras!!!.

  4. Aqui entre nós: esse Gilmar Mendes se acha a última coca cola do deserto. Que sujeito mais saliente e prepotente ! Pessoas assim jamais poderiam ter cargo de chefia.
    Fico pensando quando ele não tiver mais cargo público quem vai dar atenção prá ele

  5. Hoje em dia ficou claríssimo que essas empresas envolvidas em corrupção usam patrocínios para pagar propina. Aliás, NÃO EXISTE ALMOÇO GRÁTIS, nenhuma grande empresa escolhe patrocinar o que quer que seja a troco de nada.

  6. Alguém comentou, em outro post, que Joesley mandava o dinheiro para os tribunais superiores no final do ano, em seu avião. A propina era chamada de picanha. “Picanha” para churrasco de final de ano. Ou, ou.

  7. Desde o ano de 2002, o GILMAR vem transacionando recursos públicos e privados via seu INSTITUTO (IBDP). Se a Ministra Carmen Lúcia quer transparência mesmo, que mande a PF e o MPF investigar isto, com quebra de sigilo bancário, telefônico. A verdade virá a tona. Doa quem doer. Não é mesmo Gilmar?!

  8. Os patrocínios da JBS ao institudo do GM podem ñ ser ilegais, mas sao inadequados. Deixam o ministro em situacao delicada. Na hora de expedir um HB ou qq coisa de interesse dos acougueiros, GM deve considerar-se impedido, no mínimo. Ou, se preferir, deixar o STF e dedicar-se inteiramente a seu projeto educacional. Mas, quem sabe, o corporativismo fale mais alto e tudo siga como se nada tivesse acontecido, pois, afinal, qual integrante do STF pode dar licao de moral? O STF é o problema mais sério q tem este país.

  9. A situação de Gilmar está ficando cada vez mais escandalosa, sua bunda está exposta há tempos. E o trate não tem a humildade de renunciar ao cargo e assumir que não tem condições de continuar no STF. Tem a mesma natureza psicopática de Lula, que também jamais assumiu seus crimes. Vai morrer agarrado ao cargo. A pergunta que sempre faço é, não tem ninguém para barrar esse “cidadão”? Na PGR e STF pode tudo, estão todos acima das leis?

  10. Se isto nao e’ ser atitude de bandido … eu nao entendo nada de crime … O STF ja’ nao e’ mais o guardiao do povo brasileiro … Muita pompa, muito poder, muita promiscuidade … A corrupcao parece nao ter fim …

  11. ——————————–A MATEMÁTICA E O DIREITO—————————-
    —————————–DA EXATIDÃO E DA HESITAÇÃO —————————
    Mais uma vez. E quantas vezes, caro leitor, teremos de contar “mais uma vez” sobre os deslizes e supostas irregularidades que circundam o ministro Gilmar Mendes? Quantos “mais uma vez” os brasileiros terão de enumerar, calcular, contar,… para que a Presidente do STF, Sra. Carmen Lúcia, tome providências e abra uma sindicância, uma investigação interna para avaliar o grau de comprometimento de Gilmar Mendes com as questiúnculas privadas que vira-e-mexe sempre desaguam no STF? O leitor atento perceberá o seguinte: se ficarmos contando “mais uma vez” de Gilmar Mendes, estaremos criando uma série matemática, possivelmente, infinita que poderá convergir ou divergir. Ai, senhores, a questão torna-se matemática e precisaremos,indubitavelmente, de um MATEMÁTICO e não de um mero jurista que possa fazer o “teste de convergência” e nos dar a resposta não para a Suspeição de Gilmar, mas dizer se a precitada série converge ou diverge!

  12. “..não houve ilícito porque não teve nenhum benefício em troca”. Ah tá!!!! O safadão largando dinheiro na mão do instituto de outro safadão, sem troca??? Esse Joesley continua sendo o poste mijando em cachorro. Até quando ele pensa que vai continuar enrolando? Teu tempo esgotou safado…

  13. Mais uma vez. E quantas vezes, caro leitor, teremos de contar “mais uma vez” sobre os deslizes e supostas irregularidades que circundam o ministro Gilmar Mendes? Quantos “mais uma vez” os brasileiros terão de enumerar, calcular, contar,… para que a Presidente do STF, Sra. Carmen Lúcia, tome providências e abra uma sindicância, uma investigação interna para avaliar o grau de comprometimento de Gilmar Mendes com as questiúnculas privadas que vira-e-mexe sempre desaguam no STF? O leitor atento perceberá o seguinte: se ficarmos contando “mais uma vez” de Gilmar Mendes, estaremos criando uma série matemática, possivelmente, infinita que poderá convergir ou divergir. Ai, senhores, a questão torna-se matemática e precisaremos,indubitavelmente, de um MATEMÁTICO e não de um mero jurista que possa fazer o “teste de convergência” e nos dar a resposta não para a Suspeição de Gilmar, mas dizer se a precitada série converge ou diverge!

    1. Vamos extrapolar esse pensamento e distribuí-lo simetricamente a todas às excrescências autointituladas representantes do povo.

  14. Quem faz distinção entre um ministro ou outro do STF é um imbecil!!!!TODOS são uns trastes….se revezam na sacanagem…não tem NENHUM que preste,afinal TODOS foram escolhidos pelos FDPs que nos governam desde o fim do regime militar!!!Essa biboca deveria ser fechada!!!!Umas antas metidas a vestais TODOS uns ridículos que jamais passariam nem em concurso de juiz de futebol!!!!!!!Estão lá pelas “cotas”!!!!!!!!

  15. Alguém consegue imaginar um membro da Suprema Corte de Justiça dos EUA se comportando como esse Gilmar Mendes? O Cara é Ministro do STF, cabula votos com o bandido Aécio para aprovar leis no Senado, é dono de Faculdade de Direito, recebe dinheiro da Friboi, encontra-se com o bandido Temer…e ainda tem um lacaio na Imprensa, o Reinaldo Azevedo. Inacreditável.

  16. Dalide e Gilmar Tigrão, a adaptação pós-moderna em ópera bufa da estória de Sansão e Dalila, com o adendo de que o definhamento por que passa Sansão não terá retorno.

    1. É verdade!!!!Não deram um pio sobre o mentor deles…..afinal eles de açougueiros,em menos de 10 anos,viraram uma das maiores empresas de alimentos do mundo!!!Enquanto esses caipiras NÃO falarem sobre LULADRÃO,estarão OMITINDO !!!!!!!!!!!!Alguém que falaNOIS NUM VAI SER PRESO nunca chegaria tão longe sem a ajuda do maior ladrão de toda a história do Brasil!!!O CACHACEIRO ARROGANTE!!!!!!

  17. sem noção os caras..sem condições..nenhuma..um juiz do supremo já e socio de uma empresa que faz acordo/ pede dinheiro para varias empresa que podem ser julgadas pelo supremo…acho que so em pais de terceiro mundo ou no Brasil….pq@…….

  18. Esse é o problema de ocupar um CARGO VITALÍCIO e comportar-se como dono de cursinho.
    .
    O exercício da função pública exige muito mais do indivíduo. Exige isto: dedicação e sacrifício pessoal. Quer ser empresário? Peça as contas e corra riscos por a expensas próprias.