“Jogada ensaiada”

O deputado Jerônimo Goergen comentou a decisão de Marco Aurélio Mello:

“Jogada ensaiada. Já estava tudo pronto.”

Este é o assunto desta semana. E da próxima semana. Mas você precisa saber de todos detalhes AGORA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler comentários
  1. Saade disse:

    Brilhante dedução. Meu nome é brasileiro mas, pode me chamar de otário que eu também atendo.,

  2. Rumanettto disse:

    MAÇONS CÚMPLICES e quadrilheira não ficam presos Babacas!!!!acreditam agora???

  3. Marcos disse:

    Claro que estava tudo pronto! teatro É ESPECIALIDADE DO STF

  4. Marcos disse:

    Gleisi ja acreditava em Lula solto antes do Natal. A poucos dias no Estadão .

  5. 🇧🇷 disse:

    Assim funciona a esquerda brasileira, sempre procurando brechas para dar uma facada.

  6. Henrique disse:

    É hora do Brasil voltar às ruas contra o STF. #SomosTodosCabosSoldados

  7. Presidente-XVII disse:

    Na Brasília dos encontros fora de agenda, quem vai duvidar de alguma coia?

  8. OBSERVADOR disse:

    Não tem inocente nesta história. No STF tudo é teatral, antes da apresentação já houve o ensaio.

  9. Martins disse:

    O esculacho público vai ser de 57,7 milhões de brasileiros...aguarde lixo.

  10. elisa disse:

    É nisso que dá, ficam preocupados com 600 mil de motorista, com inagens sacras do palácio e neguinho só tramando... 🤔

  11. Pedro disse:

    Que isso! estou chocado !! sem palavras!!!

  12. Palao disse:

    Concordo. Bem na hora do depoimento do Queiroz. Só pra desviar atenção

  13. angelo disse:

    Parabéns ministro , essa sua decisão deve ter feito a ministra Rosa Weber definir finalmente seu voto na próxima votação da 2a instancia no pleno. Obrigado.

  14. Rosa disse:

    MAM :. bandido defendendo bandido. Vergonha! Vergonha! Vergonha!

  15. mara disse:

    Tudo combinado entre os 4 ministros protetores de corruptos. VERGONHA !!!!!

  16. Djalma disse:

    Mas claro que estava, Toffoli sabia, Gilmar Mendes sabia e Levandowsky sabia.