Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Jogo do bicho é formador do caráter nacional”

O deputado Bacelar é coordenador do grupo de trabalho que tenta aprovar todos os jogos no Brasil, incluindo cassinos, bingos e jogo do bicho
“Jogo do bicho é formador do caráter nacional”
Foto: Gustavo Sales/Câmara dos Deputados

O deputado federal Bacelar, do Podemos da Bahia, afirmou, em entrevista ao Metrópoles, que o jogo do bicho é formador do caráter nacional”O parlamentar é o coordenador do grupo de trabalho com a tarefa de aprovar um projeto que libere todos os jogos no país, incluindo cassinos, bingos, máquinas caça-níquel e jogo do bicho. 

Bacelar também, disse que, “ao lado da cachaça e do samba”, o jogo do bicho é uma marca registrada do nacionalismo brasileiro”.

“A proibição é que leva ao jogo clandestino, e o jogo clandestino que leva à corrupção, seja qual for a modalidade. Nós queremos modificar esse quadro. Eu diria que o jogo do bicho, ao lado da cachaça e do samba, são as únicas coisas genuinamente brasileiras, é um patrimônio cultural do país também. Ajudou a formação desse país. O jogo do bicho tem um papel importante na formação do caráter e da sociedade brasileira.

Em entrevista a O Antagonista publicada neste domingo (26), o deputado afirmou que é mais fácil lavar dinheiro em motel do que em cassinos, ao rebater a associação de crimes a uma possível legalização da jogatina no BrasilEle também disse “que o álcool vicia muito mais que o jogo e ninguém defende o fechamento do mercado da bebida”. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO