ACESSE

Joice diz que Bruno Covas antecipa gastos da campanha para reeleição

Telegram

A deputada Joice Hasselmann pediu à Justiça Eleitoral que intime o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), para ele explicar a contratação de uma produtora de vídeos por R$ 10,2 milhões.

Joice quer explicações sobre contrato revelado pela Crusoé na semana passada da Prefeitura de São Paulo com a YuYu Produções. De acordo com a reportagem, a equipe vai produzir “reportagens” sobre a gestão de Covas e filmar eventos que tiveram a participação do prefeito. O contrato foi assinado no dia 31 de julho.

Segundo Joice, o contrato é “antecipação de gastos de campanha em favor do representado Bruno Covas, que sabidamente concorrerá à reeleição em 2020”. A deputada também é candidata a prefeita nas eleições deste ano.

Ela pede que a Justiça Eleitoral mande Covas explicar no que está usando a produtora e o proíba de usar as imagens na campanha eleitoral.

“Causa estranheza o fato de que a empresa tenha sido contratada, mediante procedimento célere, para prestação de serviços midiáticos justamente com o avizinhamento da campanha eleitoral de 2020”, escreveu Joice, na petição enviada à Justiça Eleitoral.

A Prefeitura de São Paulo contratou a produtora em julho, por meio de pregão eletrônico, forma mais rápida de licitação.

Joice Hasselmann questiona o gasto de R$ 10,2 milhões no final de julho, porque a propaganda institucional será proibida a partir de 15 de acordo, pelo novo calendário eleitoral.

“Qual a razão de se contratar uma empresa, em 31/07, por 10 milhões de reais, para uma prática vedada após 15 dias?”, questiona a deputada, na petição.

Leia mais: Exclusivo: O 'blog' do Aras

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 6 comentários