Jornalismo em xeque

“Ministros do Supremo partidários da Lava Jato ressaltam que são contrários à perseguição a jornalistas, mas cerraram fileiras na defesa da conduta de Sergio Moro”, diz a Folha de S. Paulo.

“Para essa ala, não há falta grave ao ponto de colocar em xeque a atuação da força-tarefa”.

Ninguém está perseguindo jornalistas.

E as reportagens incongruentes da própria Folha de S. Paulo são a maior prova de que não há nada para colocar em xeque a conduta de Sergio Moro e da Lava Jato.

Lula livre e Moro suspeito: será assim no STF? Saiba mais
Mais notícias
TOPO