José Medeiros no Podemos

José Medeiros acaba de confirmar que deixou o PSD de Gilberto Kassab e irá tentar a reeleição ao Senado pelo Podemos, como antecipamos.

Está aberta a temporada de trocas para 2018.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 7 comentários
  1. Chegou a hora d’O Antagonista tratar dos PARTIDOS POLÍTICOS ! Remanescerão apenas algumas siglas para 2018 e dentre elas , certamente, o PARTIDO NOVO e o PODEMOS ! Focar em nomes , a despeito da sigla que o abrigará, é Equívoco Retumbante ! No cenário nacional , os partidos tradicionais pt , psdb, pp,pmdb e dem , deverão amargar uma REPULSA HISTÓRICA e INÉDITA do Eleitorado ! Exceto Bolsonaro e lula , nenhum outro nome poderá prescindir do Partido Político !

  2. No Brasil, políticos não têm ideologia, não têm lado, não defendem nada, a não ser os interesses do próprio BOLSO!

    Como é que pode esse Medeiros ir para um partido de EXTREMA ESQUERDA, um partido CHAVISTA, financiado na Europa pelos TRAFICANTES de COCAÍNA das FARC e pelo falecido HUGO CHAVEZ?

    Caiu completamente no meu conceito esse Medeiros!

  3. Só gostaria de saber como são arrecadadas as assinaturas e se ela não podem por “osmose” sair de uma legenda já criada (psd, rede…) e virar uma nova legenda “PHODEMOS”?…
    faz tempo.
    O anta é a RÈvolução (esquerdopatas), quanto mais se sofisticam, mais complicam.
    Eu não sou robô, eu sou roubado.