José Nelto: governo Bolsonaro quis agradar ao Centrão, ao PT e aos "enrolados"

O deputado federal José Nelto (Podemos-GO) comentou a O Antagonista a declaração do presidente Bolsonaro de que teria “acabado” com a Lava Jato.

“O presidente Bolsonaro cometeu o maior crime de combate à corrupção no Brasil. Acabar com a operação que deu certo, que desmantelou, que abriu a cabeça do povo brasileiro. O quanto o povo era roubado por organizações criminosas políticas, empresariais e do Judiciário”, disse o deputado.

“Bolsonaro não é eterno”, acrescentou. “Pode não ter corrupção no governo dele, mas tem corrupção em todos os governos estaduais, corrupção no Poder Judiciário, corrupção no Legislativo, corrupção nos municipios”.

Para José Nelto, a declaração de Bolsonaro “significa que o governo dele quis agradar apenas ao Centrão, ao PT, aos enrolados da política brasileira”.

E acrescentou: “É lamentável ouvir uma palavra dessa do presidente da República que foi eleito na esperança de todo o povo brasileiro de acabar com a corrupção”.

Leia mais: Por que a escolha do novo ministro do STF agrada ao establishment e pode mudar -- para pior -- as coisas em Brasília
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 26 comentários
TOPO