Josué Alencar foi cotado para 8 cargos na eleição de 2018, sem concorrer

Josué Alencar foi cotado para 8 cargos na eleição de 2018, sem concorrer
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Como publicamos, Paulo Skaf quer emplacar Josué Gomes da Silva como seu sucessor na presidência da Fiesp. A informação é do Painel S.A. da Folha.

Dono da Coteminas, Josué é filho de José Alencar, que foi vice-presidente de Lula (2003-2010).

Josué foi candidato ao Senado por Minas Gerais em 2014. Teve 3,6 milhões de votos, mas perdeu a vaga para Antonio Anastasia (hoje no PSD). Na época, Josué estava no PMDB e teve apoio de Dilma e Lula, que compareceram a comício dele em Montes Claros.

Josué se filiou ao PR em abril de 2018. Naquele ano, em diferentes veículos da imprensa mineira e fora de Minas, foi cotado para ser candidato:

  • a vice-presidente na chapa de Lula;
  • a vice-presidente na chapa do PT (não necessariamente Lula);
  • a vice-presidente na chapa de Ciro – ou Alckmin;
  • a vice-presidente na chapa de Alckmin;
  • a presidente ou vice pelo PR;
  • a vice-governador de Minas na chapa de Fernando Pimentel;
  • a senador por Minas na chapa de Fernando Pimentel;
  • a governador de Minas pelo MDB.
Acabou não se candidatando a nada.

Leia mais: A 'Crusoé' investigou a relação entre o advogado de Jair Bolsonaro e a JBS por meses. E encontrou as digitais do presidente e do procurador-geral da República
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO