Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Jovem Pan diz que pedido de quebra de sigilo é "injustificável"

Em nota, a emissora afirmou que seus balanços são publicados anualmente no Diário Oficial e que o relator da CPI tenta "cercear a liberdade de imprensa"
Jovem Pan diz que pedido de quebra de sigilo é “injustificável”
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Após ser alvo de um pedido de quebra de sigilo bancário apresentado pelo relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, a Jovem Pan emitiu uma nota.

No comunicado, a emissora disse que pedidos do gênero são injustificáveis”Em outro trecho, a Jovem Pan afirma que seus balanços são publicados anualmente no Diário Oficial.

Em seu pedido, o senador acusa a Jovem Pan de ser “protagonista na divulgação das chamadas fake news” sobre a pandemia. Segundo a emissora, a alegação de Renan não se enquadra no fato determinado para a criação da CPI. A emissora afirmou que o parlamntar tenta cercear a liberdade de imprensa no país.

“Estranhamente, o requerimento estabelece que as investigações sejam feitas a partir de 2018. Segundo o documento que justificou a sua criação, a comissão foi instaurada com o objetivo de ‘apurar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil’. Como se sabe, a Organização Mundial da Saúde oficializou a existência de uma pandemia em março de 2020. […] O autor do pedido não especifica quais profissionais disseminaram notícias mentirosas e em quais programas isso teria ocorrido. Fica claro, portanto, que se trata de uma acusação genérica que tem por única finalidade cercear a liberdade de imprensa no Brasil.” 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO