“Jucá está orquestrando”, acusa senador adversário

Telmário Mota, senador pelo PTB de Roraima — com mandato até 2023 –, afirmou a O Antagonista que causa, no mínimo, “estranheza” a nomeação da irmã de Romero Jucá para chefe da Assessoria de Assuntos Parlamentares do STJ, como revelamos aqui.

“O Jucá está orquestrando. Ele é réu e está sendo denunciado em vários processos por corrupção. O povo de Roraima o rejeitou nas urnas exatamente por isso. Espero que sua irmã ali, atuando entre o Congresso e o STJ, não seja uma forma de proteger o senador.”

Telmário, adversário histórico de Jucá no estado, acrescentou dizendo que Helga Jucá “será uma espécie de olheira”.

“Ele colocou a irmã dele para fazer a parte política do STJ. É ela quem vai levar as demandas políticas do tribunal para o Congresso e vice-versa. Será uma espécie de olheira.”

 

 

 

Leia também:https://www.oantagonista.com/brasil/irma-de-juca-fara-ponte-entre-o-stj-e-o-congresso/

STJ diz que nunca tratou com Jucá sobre nomeação da irmã do senador

O Brasil virou à direita. Entenda por quê AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. stj poderia ter evitado esse constrangimento…….tantas pessoas querendo trabalhar e ele tem q chamar logo a irmão do Jucá. Daí tá pedindo pra ser questionado mesmo, sem dó nem piedade.

Ler mais 19 comentários
  1. stj poderia ter evitado esse constrangimento…….tantas pessoas querendo trabalhar e ele tem q chamar logo a irmão do Jucá. Daí tá pedindo pra ser questionado mesmo, sem dó nem piedade.

    1. É porque os políticos do sudeste e do sul são, a grande maioria, uns bostas e deixam esses cangaceiros dominarem a cena política.

    1. Este desgraçado Mafioso, Gangster, Corrupto, Bandido, Canalha deve e vai ser preso. Verme sujo, deveria passar o resto da vida na prisão.

  2. É chegada a hora de desarquivar o processo da delação do Sérgio Machado sobre obstrução de justiça pelo ‘estancamento da sangria’ e ligando os pontos pedir a condenação da ORCr. , a não