Jucá: “Manobra”

Romero Jucá define a decisão de Waldir Maranhão como “manobra que não vai tirar o país do buraco”.

Jucá também disse que “Renan é um homem experiente” e que o presidente do Senado respeitará a Constituição e o rito da Câmara.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 19 comentários
  1. E eu q pensava q não viveria p/ver essa família mafiosa pagando por seus crimes. Todo o apoio ao juiz Fernando Mendes Cruz, ele vai precisar. Não esqueçam o nome dele, não deixem de acompanhar o q vai acontecer c/ele. Maranhenses, protejam o magistrado.

  2. Depois, quando chamados de @ss@ssinos, ficam nervosinhos. Lá estão preocupados com saúde? Ganhar eleições é mais importante que a morte de pessoas. Quantas já mataram?

  3. Hahahahahah! Agora que o bigode do Sarney vai cair. Familia de corruptos nojentos… com tanta gente pobre naquêle estado. Vão sofrer um ataque cruel dos Marimbondos de fogo.

  4. Santo Deus. Esse país precisa tanta correição que os Tribunais de Contas deviam ser deslocados do Poder Legislativo para o Poder Judiciário. Traria mais eficiência. Claro que desde que composto SOMENTE por Juízes concursados.

  5. Eu sei!!!!Se a justiça conseguir recuperar a metade do dinheiro roubado pelos políticos nestes mais de 13 anos, o Brasil se tornará a terceira potencia mundial.

  6. Se a lei for levada ao pé da letra eu duvido muito que reste 15 políticos em condições de escapar da prisão no congresso. Parabéns ao vergonhoso povo brasileiro, está provado que nunca souberam e tão cedo saberão votar. Embora não exista opção já que para os brasileiros, esse povo digno que dá aula de democracia ao mundo, gente honesta, não pode participar de partidos e de política, aliás política não pode sequer ser discutida, salvo pela esquerda, ou seja partidos e política devem ser entregues aos psicopatas e ladrões. palmas para os brasileiros! sim eu também sou, infelismente.

  7. Roseana é bandida desde que nasceu.Assim como toda sua “”família“ Mas, minha questão é outra. Cunha diz que vai recorrer. A quem, no tribunal máximo do país que o derrotou por unanimidade? Essa não é uma pergunta retórica. É pra se informar mesmo.