Judiciário também deve perder foro privilegiado, diz Moro

Judiciário também deve perder foro privilegiado, diz Moro
Foto: Adriano Machado/Crusoe

Sergio Moro disse hoje em audiência na Câmara que os integrantes do Judiciário também devem perder o foro privilegiado. Segundo ele, vale a pena pagar esse “preço” para que a PEC do fim do foro seja promulgada.

“É ruim excluir o Judiciário da mudança do fim do foro privilegiado. Embora eu compreenda esse tipo de argumento, acho que se o preço a pagar for a extensão dela [da PEC] para todos, é um preço que vale para pagar e depois se ajusta isso”, disse Moro.

A PEC que acaba com o foro privilegiado foi aprovada pelo Senado em 2017, mas está parada na Câmara desde 2018. A audiência de hoje foi para discutir saídas para o projeto, para que a PEC possa ser promulgada.

Moro também disse hoje que o Congresso precisa acabar com a exigência do trânsito em julgado da condenação para que a pena possa ser executada. Mas reconheceu que, assim como o fim da prerrogativa de foro, será uma discussão difícil.

“Parece que há falta de certa vontade política…não faço nenhum juízo acusatório, mas apenas uma constatação de que isso arrefeceu e era importante retomar”, disse o ex-juiz da Lava Jato.

Leia mais: Moro exclusivo: você não deve perder essa reflexão sobre ética pessoal e nacional
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 58 comentários
TOPO