Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Juiz de Presidente Prudente proíbe evento com 2.000 pessoas e presença de Bolsonaro

Presidente visitará a cidade do interior paulista neste sábado, 31; juiz Darci Beraldo argumentou que o município não pode flexibilizar por conta própria as medidas estaduais de combate à Covid
Juiz de Presidente Prudente proíbe evento com 2.000 pessoas e presença de Bolsonaro
Foto: Isac Nóbrega/PR

O juiz Darci Lopes Beraldo, da Vara da Fazenda Pública de Presidente Prudente, no interior paulista, vetou nesta quarta (28) a realização de um evento com presença estimada de 2.000 pessoas, incluindo Jair Bolsonaro, no próximo sábado (31), informa o site jurídico Jota.

O evento seria realizado pela prefeitura no recinto de exposições da cidade. Caso a administração municipal descumpra a decisão, será multada em R$ 2 milhões.

Bolsonaro viajará a Presidente Prudente no final de semana para inaugurar o credenciamento do Hospital Regional do Câncer junto ao SUS.

Para receber o presidente, o prefeito Edson Tomazini, que é do PSB, preparou um evento para 1.200 pessoas, depois ampliado para 2.000.

O promotor Marcelo Creste considerou o planejamento inadequado e acionou a Justiça, e o juiz Beraldo concordou com o Ministério Público.

Em sua decisão, o magistrado afirmou que o município não pode flexibilizar por conta própria, para o evento, as medidas estabelecidas pelo governo estadual em seu plano de combate à pandemia da Covid.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO