Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Juiz diz que Carlos Bolsonaro é citado como "chefe de organização criminosa"

Segundo Marcello Rubiolli, do TJ-RJ, o MP-RJ aponta para a existência de "indícios rotundos de atividade criminosa em regime organizado"
Juiz diz que Carlos Bolsonaro é citado como “chefe de organização criminosa”
Foto: Caio César/Câmara do Rio

O juiz Marcello Rubioli, do TJ-RJ, afirmou, na decisão em que autorizou a quebra de sigilos bancário e fiscal de Carlos Bolsonaro, que o vereador é citado pelo MP-RJ como “chefe da organização [criminosa]”, diz o UOL.

O magistrado diz que há “indícios rotundos de atividade criminosa em regime organizado”.

A 3ª Procuradoria de Investigação Penal apura a possível prática de rachadinha e da nomeação de funcionários fantasmas no gabinete de Carlos na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

O MP-RJ pediu a quebra de sigilo no dia 5 de maio e o juiz autorizou, no dia 24 de maio.

“Carlos Nantes é citado diretamente como o chefe da organização, até porque o mesmo efetua as nomeações dos cargos e funções comissionadas do gabinete”, escreveu Marcello Rubioli.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO