Juiz encerra inquérito contra Neymar por vazamento de fotos íntimas de Najila

O juiz Marcel Laguna Duque Estrada, da 36ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, encerrou um inquérito contra Neymar pelo vazamento de imagens de Najila Trindade em junho de 2019.

A informação foi publicada na madrugada desta quinta-feira (8) pelo UOL. A decisão é de sexta-feira passada (2).

No ano passado, Neymar foi investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Virtuais (DRCI) depois de publicar vídeo no Instagram de conversas com Najila que incluíam fotos dela enviadas antes de encontrá-lo em Paris.

A intenção de Neymar era fortalecer sua defesa contra a acusação de estupro.

Em agosto de 2019, a juíza Ana Paula Gomes Galvão Vieira de Moraes, da Vara da Região Sul 2 de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, aceitou recomendação do Ministério Público e encerrou a investigação sobre a denúncia de estupro por falta de provas contra Neymar.

No mesmo período, MP e polícia abriram inquérito contra Najila, por falsa denúncia de um crime

Leia mais: Escolhido por Bolsonaro. Aprovado por Gilmar e Toffoli
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários
TOPO