Juiz nega revogar prisão de presidente do PROS

O juiz Heitor Moura Gomes, de Marabá (Pará), rejeitou revogar o mandado de prisão temporária de Eurípedes Júnior, o presidente do PROS, informa Camila Bomfim, da TV Globo.

Eurípedes teve a prisão decretada na Operação Partialis, que apura desvio de recursos em licitações no Pará. Hoje, apresentou-se à PF, mas não foi preso porque a lei eleitoral impede prisões nesta época, exceto em casos de flagrante.

Ao negar o pedido da defesa do presidente do PROS, o juiz Gomes escreveu que sua atitude foi “voluntariedade travestida de um ‘fazer de conta'” e que sua “suposta disposição” de dar esclarecimentos à PF “não se mostrou verdadeira”.

Livre-se das fake news. Assuma você mesmo o controle do que realmente interessa saber. Saiba mais AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Giusti disse:

    O cara pensou q a moleza da Justiça era p tdos, coitado. Presta atenção otário, quem não pertence à ORCRIM vermelha tá fuh.

Ler comentários
  1. Fred disse:

    Se estava foragido, e foi achado agora, é FLAGRANTE!! PRISÃO JÁ!

  2. Luíz disse:

    Nem tudo está perdido. Há juízes que honram a toga no Brasil!!!!

  3. GILMAR disse:

    Aposto que antes do da prisão será concedido um h c, só não falo, quem vai conceder..lula tá preso seus babacas.

  4. Francisco disse:

    Poxa Gilmarzão, vê se não demora !!

    1. Melhor o Eurípedes se apressar para "pegar a senha"!

  5. José disse:

    Essa é uma das leis idiotas que o Bolsonaro tem que acabar.

  6. ALEXANDRE disse:

    Ô ripides, corre lá no lacto-purga, cara!!!

  7. Adonis disse:

    Espero que dure a onda de juízes abraçarem a sensatez.

  8. Luíz disse:

    O PROS apoia hadad? Interessante... Dize-me com quem andas...