Juiz ordena que Carlos Bolsonaro retire mensagem do ar

Telegram

O juiz Maurício Camatta Rangel, da 4ª Vara Cível de Vitória, determinou que Carlos Bolsonaro retire de seu Twitter uma mensagem em que diz existir um mandado de prisão nos Estados Unidos contra o agora senador eleito Marcos do Val, da Rede do Espírito Santo.

A mensagem foi postada em 15 de setembro do ano passado.

Do Val comemorou a decisão e ironizou:

É o assunto do momento: a movimentação de mais de 1 milhão de reais do ex-motorista de um dos filhos de Jair Bolsonaro LEIA AGORA

“Carlos Bolsonaro compartilhou fake news grave. Logo ele que foi o responsável por todas as postagens nas redes sociais do Jair Bolsonaro. O que mais não era ou é fake news?”

Em 2012, esse mesmo juiz, segundo o jornal A Gazeta, foi condenado à pena de censura pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo. O magistrado era acusado de infração disciplinar por nomear seu próprio assessor para atuar como perito avaliador em processos da vara onde atua.

Comentários

  • Jo -

    Não dá pra entender.... Foi em setembro de 2017 ?E os resultados, até agora, não aconteceu nada?Se o candidato não tinha FICHA LIMPA, para concorrer, como vai ser (ou foi?) nomeado Senador? ?

  • Thonny -

    Essa tal de MARTA ai em Baixo é doida ou não leu a Materia!!! que coisa absurda Realmente Petista endoidou não conseguem mais interpretar uma simples mensagem

  • Marta -

    Juiz comprado pelo senador. a pouca vergonha continua

Ler 114 comentários