ACESSE

Juiz quer mais dados do IML para decidir sobre prisão domiciliar de Maluf

Telegram

O juiz Bruno Macacari, da Vara de Execuções Penais do DF, quer novos esclarecimentos do IML e do Complexo Penitenciário da Papuda sobre a situação de Paulo Maluf, diz o G1.

Só depois disso Macacari deve decidir sobre o pedido de prisão domiciliar feito pela defesa do deputado. O juiz deu dez dias para que o IML responda às perguntas.

Comentários

  • -

    Sr Juiz que vai avaliar esse caso, mire-se no exemplo da Jusatiça americana. Olha o Marin. Tá em cana e pronto. Aqui no Brasil pode o advogado solicitar todo dia habeas corpus, prisão domiciliar etc?

  • Luiz -

    Dr. Bruno. Não entre na onda do Kakay! Ele deve ter no mínimo mais uns 50 recursos para utilizar até conseguir soltar o Maluf. E CONSEGUIRÁ!! Por esse motivo, Excelência, dificulte ao máximo, dentro dos trâmites legais, a soltura desse pulha!!! O Povo Brasileiro agradecerá o seu empenho, contrapondo as manhas do Kakay.

  • Cláudio -

    STF sem moral!!!!!!!!!!

Ler 23 comentários