ACESSE

Juiz quer que Adélio siga em presídio federal; STJ terá de decidir

Telegram

Em despacho assinado nesta sexta, 12, o juiz Bruno Savino, da 3ª Vara da Justiça Federal em Juiz de Fora, defendeu que Adélio Bispo de Oliveira permaneça preso na penitenciária federal de Campo Grande.

Savino afirmou que Adélio, o autor da facada em Jair Bolsonaro na campanha de 2018, ainda representa riscos à segurança do presidente.

A posição do juiz federal vai na contramão da decisão da 5ª Vara Criminal de Campo Grande, que em março ordenou a transferência do esfaqueador para um hospital psiquiátrico. A última palavra caberá ao STJ.

Leia AQUI a reportagem de Ana Viriato na Crusoé.

Leia mais: Brasil precisa dos DADOS REAIS sobre a Covid-19

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários