Juiz recebe denúncia contra seis pessoas por prejuízo de R$ 4 milhões ao Postalis

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, recebeu denúncia contra seis pessoas por fraudes financeiras que causaram prejuízos ao Postalis, fundo de pensão dos servidores dos Correios. Segundo o MPF, os prejuízos são de cerca de R$ 4 milhões.

Os acusados agora são réus por gestão temerária (veja abaixo a lista de todos os réus). A denúncia os acusa de má gestão de dinheiro do Postalis em investimentos no Lavoro II, um fundo de investimento de direitos creditícios (FIDC).

Segundo o MPF, houve “descaso e falta de critério” na aprovação de aportes de R$ 50 milhões entre abril e dezembro de 2010 no FIDC. O dinheiro corresponde a 75% das cotas do Lavoro II, e o Conselho Monetário Nacional (CMN) só havia autorizado a compra de até 25% das cotas, segundo os  procuradores do caso.

Documentos obtidos pelos procuradores mostram que aos investimentos foram autorizados antes da análise dos relatórios técnicos sobre o assunto, emitidos pelo Conselho Monetário Nacional.

Os réus:

Adilson Florêncio da Costa
Alexej Predtechensky
João Carlos Penna Esteves
José Carlos Rodrigues Souza
Mônica Cristina Caldeira Neves
Ricardo de Oliveira Azevedo

 

Leia mais: Sucessão no STF: a imagem do escolhido por Bolsonaro derrete
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 3 comentários
TOPO