Juiz rejeita pedido de liberdade de Eduardo Cunha

Vallisney Oliveira, o juiz da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, rejeitou um novo pedido de liberdade do ex-deputado federal Eduardo Cunha, preso desde 2016, relata o G1.

Na decisão, o juiz manteve a prisão preventiva decretada em 2017 na Operação Patmos, baseada na delação premiada de executivos da JBS.

Em depoimento, Joesley Batista disse que pagava propina para o ex-presidente da Câmara permanecer em silêncio a respeito de supostos delitos cometidos por Michel Temer.

O ocaso de Maduro: vai sair ou 'ser saído'? Leia aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 8 comentários
  1. Ué, alguém explica!!!!
    Por que foi o Juiz Substituto – Ricardo Leite que julgou a tal absolvição de Lula, se o titular é o Juiz Vallisney Oliveira da 10o. Vara de Brasilia ????