Juíza federal perde o cargo e terá de cumprir pena

O ministro Alexandre de Moraes indeferiu o habeas corpus requerido pela defesa da juíza federal Maria Cristina de Luca Barongeno, condenada a 6 anos e 8 meses de prisão, em regime semiaberto, por corrupção passiva.

Maria Cristina vendia liminares a uma quadrilha de advogados especializada em utilizar títulos de dívidas públicas para a quitação de débitos tributários ou compensação de créditos. A quadrilha depois incluía empresas na ação inicial, com a liminar já dada, cobrando um bom preço por isso.

A juíza federal perdeu o cargo e vai ter de cumprir a pena.

Comentários

  • Fernando -

    A pena é muito pequena diante da gravidade dos atos e do mau uso do poder concedido pela sociedade. Mas é ao menos um bom começo. Que se amplie e se espalhe!

  • Laércio -

    O país está melhorando.

  • Flávio -

    Se for deflagrada uma Lava Toga, centenas de juízes, magistrados e ministros serão presos.

Ler 78 comentários