Juíza federal perde o cargo e terá de cumprir pena

O ministro Alexandre de Moraes indeferiu o habeas corpus requerido pela defesa da juíza federal Maria Cristina de Luca Barongeno, condenada a 6 anos e 8 meses de prisão, em regime semiaberto, por corrupção passiva.

Maria Cristina vendia liminares a uma quadrilha de advogados especializada em utilizar títulos de dívidas públicas para a quitação de débitos tributários ou compensação de créditos. A quadrilha depois incluía empresas na ação inicial, com a liminar já dada, cobrando um bom preço por isso.

A juíza federal perdeu o cargo e vai ter de cumprir a pena.

A juíza que fez Lula gaguejar no banco dos réus. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 77 comentários
  1. Quem dorme com cães, lembra Ben Franklin, amanhece com pulgas. É essencial desaparelhar os chamados poderes da república. E rever os critérios de seleção para os tribunais superiores.

    1. A Lava Jato, rara iniciativa de modernização político-jurídica, foi combatida por bandidos homiziados nos três poderes e por escribas subvencionados. Vai ser difícil desmamar os zumbis.

  2. Esta juíza, em 2002, deu parecer favorável à JBS ao reconhecer a validade de títulos emitidos em 1932 pela “Cie. Du Chemin de Fer Victoria a Minas”. Os Batista já eram pilantras antes do presid

  3. A condenação é exemplar e é assim que deve ser. O que não dá para entender é que condenam a Juíza e ainda nãp julgaram a AMANTE e o seu maridão que anda ameaçando todo mundo e o ZÉ DIRCEU?

  4. Muito provavelmente não é esposa ou parente d maçons. Se fosse esse crimezinho seria abafado e ela inocentada. Acorda antagonistas e brasileiros maçonaria eh o maior câncer disfarcadopior q petis

  5. Todo membro do Judiciário deve ir em cana após a 1a. instância e condenado a cumprir pena segundo o Regime Disciplinar Diferenciado, art. 52 da Lei de Execuções Penais. É para dar o exemplo.

  6. Olhem a pena para os MAGISTRADOS NACIONAIS : a corrupta ficará morando numa colônia de férias, forever, recebendo seus MINGUADOS proventos. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk