ACESSE

Juíza quer 'caso concreto' para analisar ação contra nomeação de Eduardo

Telegram

O MPF-DF entrou com uma ação civil pública para que a União observe normas na indicação de embaixadores que impediriam a ida de Eduardo Bolsonaro para os EUA, informa a Crusoé.

Mas a juíza responsável, Flávia de Macêdo Nolasco, deu dez dias para os procuradores indicarem um caso concreto de desrespeito às normas, já ocorrido, para que a ação possa ser analisada em primeira instância.

Leia a reportagem:

Juíza quer ‘caso concreto’ para analisar ação contra nomeação de Eduardo

A FIEL ESCUDEIRA DE BOLSONARO: POLÍTICA, SIM; SAFADEZA, NÃO LEIA AQUI

Comentários

  • Edelson -

    Esquece essa juíza. A população e a maioria dos senadores, são contra essa imoralidade!

  • ADONIS -

    Judiciário tem que trabalhar para o passado e para o futuro. Querem um pré julgamento.

  • João -

    Mesmo que possa não deveria, porém num país no qual Tófoli é presidente de um supremo tribunal que tbem tem um Gilmar Mendes, TUDO pode.

Ler 53 comentários