ACESSE

Juíza suspende repasse de R$ 500 mi da Lava Jato para combate da Covid-19

Telegram

A juíza substituta da Lava Jato em Curitiba, Gabriela Hardt, decidiu suspender o prazo da ação que destinava R$ 508 milhões, provenientes de multas e acordos de leniência na operação, para o combate da pandemia da Covid-19, informa o G1.

A suspensão vale até que o STF decida se cabe ou não à juíza definir a destinação desses recursos.

A oferta do dinheiro foi revelada pelo Jornal Nacional em 6 de julho, depois de a proposta completar um mês sem receber resposta definitiva do governo federal.

Depois da reportagem do JN, o Ministério da Saúde disse ter aceitado a verba –mas, em seguida, o governo foi ao STF para impedir que a Lava Jato defina a destinação dos recursos resultantes de multas (em condenações criminais) ou acordos de leniência ligados ao combate à corrupção.

Diante da celeuma, a juíza optou por suspender a decisão. Em seu despacho, datado da última sexta (24), Gabriela lembrou as “84.082 mortes provocadas pela Covid-19 e 2.287.475 de casos confirmados da doença no país”.

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 32 comentários