Juíza vai ouvir Wajngarten antes de analisar pedido de afastamento

A Justiça Federal do DF decidiu ouvir Fábio Wajngarten antes de decidir sobre pedido do PSOL para afastá-lo da secretária de Comunicação da Presidência. A juíza Solange Salgado afirmou que, diante das especificidades do caso, é preciso de ter mais esclarecimentos, além de garantir o contraditório.

Wajngarten terá cinco dias para prestar os esclarecimentos. À Justiça, o PSOL pediu a revogação imediata da nomeação do chefe da Secom e de seu secretário especial adjunto, Samy Liberman, bem como a anulação de todos os atos assinados por ele no cargo.

O caso envolve a informação de que a empresa de Wajngarten recebe dinheiro de emissoras e agências contratadas pelo governo Bolsonaro.

Comentários

  • Eduardo -

    Nós tivemos ministros de Fazenda que eram sócios de bancos de investimento. Simplesmente declaravam ter "passado" suas ações e assumiam o comando da economia do país.

  • Fabricio -

    Se um juiz qualquer pode suspender um ministro, para que executivo? Vamos governar só com o judiciário.

  • EDSON -

    Se o psol é contra, deve tá querendo tirar o seu!

Ler 16 comentários