Juízes dizem que Sepúlveda faz "chicana Gregório Fortunato" para salvar Lula

Sepúlveda Pertence, novo advogado de Lula, disse que o seu cliente é injustamente perseguido.

“É pior, a maior perseguição desde Getúlio Vargas”, afirmou Sepúlveda.

O Antagonista apurou que muitos juízes federais estão indignados com a fala do novo advogado de Lula. A comparação com Getúlio fez com que eles passassem a chamar a atuação de Sepúlveda de “chicana Gregório Fortunato” — referência ao capanga getulista.

O "JEITINHO BRASILEIRO" DO STF. SAIBA MAIS AQUI

Os juízes esperam que Carmen Lúcia mantenha a sua posição favorável sobre a prisão em segunda instância e não se declare impedida de votar em eventuais julgamentos sobre Lula, só porque o condenado contratou o “primo”, ou seja o que for dela, a fim de provocar suspeição e constrangimento.

Eles lembram que o plenário do STF, no recurso AO-QO 1120, brecou esse tipo de provocação, ao impedir que a contratação de certo advogado deslocasse o julgamento num tribunal estadual para os juízes do próprio STF.

A relatora do caso, a então ministra Ellen Gracie, ressaltou o “perigo de se estar incentivando uma temerária oferta profissional de advocacia especializada em subtrair do tribunal estadual, segundo melhor estratégia, o julgamento de processos àquele submetidos. Este Supremo Tribunal não pode compactuar com a realização de tal conduta, que macula a nobreza e a importância da Advocacia”.

Marco Aurélio foi ainda mais duro: “Evidentemente, se já vem atuando o órgão, o magistrado, não pode haver o credenciamento de advogado justamente para criar a incompatibilidade e ver-se deslocado o crivo a ser exercido quanto ao conflito de interesses. É uma situação, realmente, estarrecedora, e que reclama seja mesmo oficiado o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, porque alguma coisa errada está a acontecer no âmbito da advocacia”.

Sepúlveda Pertence, na época ministro do STF, participou do julgamento unânime de condenação da chicana.

Alguma coisa errada está realmente a acontecer quando alguém condena um expediente como juiz e depois passa a utilizá-lo como advogado.

A “chicana Gregório Fortunato” não pode prosperar, sob pena de salvar um corrupto da prisão e condenar um tribunal superior à eterna vergonha.

Comentários

  • Jose -

    O que dinheiro não faz? Esse senhor está dedtruindo suavimagem perante a sociedade , é falta de dignidade se vender como judas por 30 dinheiro...

  • Paulo -

    Triste ser advogado, qualquer juramento é mera coincidência. É este cidadão jurou cumprir a lei. Descalabro, desonesto, etc,etc

  • Marco -

    Convençam o Lula de que ele é , realmente, o Getúlio Vargas e peçam para ele ir para o quarto com um 38 e o Brasil acordará menos triste.

Ler 161 comentários