ACESSE

"Julgamos perigoso que um órgão ou entidade julgue o que é dito nas redes"

Telegram

O senador Angelo Coronel (PSD), relator do projeto das fake news, terá mais tempo para preparar seu parecer — a votação estava prevista inicialmente para ontem, mas, como registramos, foi adiada.

O senador já adiantou que vê com preocupação os chamados “verificadores de fatos” previstos no texto original da proposta.

“Julgamos um caminho perigoso dar poder para que um órgão ou entidade julgue o que é dito nas redes. Parece mais democrático e lógico que os próprios usuários possam reportar a existência de discurso de ódio e crimes contra honra, por exemplo.”

Ele acrescentou:

“A internet deve ser espaço democrático de troca de ideias. Nesse espaço, os chamados verificadores devem apenas oferecer subsídios para a crítica que cada um de nós deve fazer dos conteúdos que recebemos.”

Leia também: BOLSONARISTAS NA MIRA DO STF

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários