Júlio Marcelo: "Estamos vivendo há meses um estado de exceção"

Júlio Marcelo de Oliveira, procurador do Ministério Público junto ao TCU, foi ao Twitter para comentar a notícia de que Dias Toffoli pediu e levou dados de movimentações financeiras de 600 mil cidadãos e empresas.

“Apesar da aparente normalidade, estamos vivendo há meses um estado de exceção comandado por quem tinha o dever de proteger os direitos e garantias individuais dos cidadãos contra os abusos do Estado. Os senadores e os demais ministros do STF precisam atuar.”

Comentários

  • Marlene -

    É pedir demais que senadores e ministros atuem.

  • Sirlei -

    Júlio Marcelo,homem sério e muito preparado para o cargo que ocupa. Ele me é simpático desde o impeachment da Dilmanta,deu uma aula de economia e direito.

  • Robledo -

    Antes tinhamos o chefão da quadrilha PT. Agora temos o chefão da do SPtF. Brasil vive noo atraso.

Ler 148 comentários