ACESSE

Jurisprudência notívaga

Telegram

Depois de criar o foro especial para defuntos, Dias Toffoli reescreve o regimento interno do STF e as leis 8437/92 e 12.016/09.

Somente o presidente, o procurador-geral ou pessoa jurídica de direito público podem pedir a chamada “suspensão de segurança”.

Ocorre que partido político é pessoa jurídica de direito privado.

Futuro do Brasil Vai Ser Decidido Amanhã. Você Está Preparado? Descubra aqui.

Comentários

  • Izaque -

    A tentativa foi fugir da Lava Toga, não deu certo

  • José -

    Toffoli dá apoio ao Renan porque tem medo de sofrer impeachment se for outro o presidente do senado.

  • Germano -

    o zelador da lei é o primeiro ,que com a constituição nas mãos, e aos berros,a descumpre frente a um povo e a instituições que falam muito e não fazem nada .....merecemos tudo o que temos e ñ

Ler 230 comentários