Justiça aceita denúncia contra almirante nuclear

A Justiça Federal no Rio aceitou a denúncia do MPF sobre o esquema de corrupção nas obras da usina de Angra 3 descoberto pela Operação Radioatividade, 16a fase da Lava Jato que foi fatiada.

Foram denunciadas 14 pessoas, entre elas o ex-almirante Othon Luiz Pinheiro, que comandava a Eletronuclear, e Flávio Barra, ex-presidente da Andrade Gutierrez Energia.

Faça o primeiro comentário