Justiça aceita denúncia do MPF sobre esquema no Banco de Brasília

A Justiça Federal recebeu a denúncia oferecida no âmbito da operação Circus Maximus (confira aqui o documento).

Os procuradores da força-tarefa pediram a condenação de 17 pessoas (veja abaixo) em razão de ilegalidades envolvendo investimentos realizados pelo Banco de Brasília (BRB).

Os réus responderão, na medida de suas participações, por crimes contra o sistema financeiro, gestão fraudulenta, corrupção, lavagem de dinheiro, entre outros. Segundo as investigações, os prejuízos somaram 348 milhões de reais.

Ao aceitar a denúncia, o juiz federal Vallisney Oliveira explicou que “está demonstrada até agora a plausibilidade das alegações contidas na denúncia em face da circunstanciada exposição dos fatos tidos por criminosos e as descrições das condutas em correspondência aos elementos que instruem a denúncia”.

A lista dos réus:

1. Ricardo Luís Peixoto Leal
2. Henrique Domingues Neto
3. Henrique Leite Domingues
4. Adonis Assumpção Pereira Júnior
5 . Vasco Cunha Gonçalves
6 . Nilban de Melo Júnior
7. Arthur César de Menezes Soares Filho
8 . Paulo Renato de Oliveira Figueiredo Filho
9 . Ricardo Siqueira Rodrigues
10. Felipe Bedran Calil
11. Felipe Bedran Calil Filho
12. Nathana Martins Bedran Calil
13. Diogo Rodrigues Cuoco
14. Adriana Fernandes Bijara Cuoco
15. Paul Elit Altit
16. Paulo Ricardo Baqueiro de Melo
17. Dilton Castro Junqueira Barbosa

Garanta Seus 7 Dias De Acesso Gratuito Aos Bastidores do Poder LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Beth disse:

    Como temos gente perigosa neste país....

Ler comentários
  1. Ricardo disse:

    Privatizem o BRB pelo Amor de Deuxxxxx !!!!

  2. Rodrigo disse:

    Se não tem verba federal nesse imbróglio, porque foi para a justiça Federal? Depois dá margem para o STF anular tudo e gera impunidade!

  3. Suelly disse:

    Não sobrará pedras sobre pedra. Parabéns Juiz Valliznney.

  4. ZANGADO disse:

    Olavo de Carvalho ‏ @opropriolavo 1 hHá 1 hora Para continuarmos aceitando como normais e legítimas as atividades de órgãos como a Foia, o Grobo, o Anta e similares, teremos de renunciar total

    1. e é este que se diz moderno, de direita? que todos se manifestem, e que prevaleça quem tem maior capacidade. E os sem capacidades que continuem mendigando.

    2. Qta bobagem. A imprensa é livre assim como livres são os nossos pensamentos e idéias.

    3. teremos de renunciar totalmente à nossa consciência, à nossa capacidade cognitiva, à confiança nos nossos sentidos e na nossa memória.

  5. AcO disse:

    Desde o começo DO ANTIGO Brasil-República(outra farsa) que políticos entram para se enriquecer com a política (POLÍTICOS DE TODOS OS TIPOS sem exceção entram pra se-enriquecerem🤑🤑🤑🤑

    1. Ainda há aqueles que ACREDITAM na política ou "tem esperanças" nela... um conselho: se desapeguem de TODAS as crenças políticas.. elas não valem a pena seguir..

  6. Magalhães disse:

    Roubaram, furtaram em.todos.os âmbitos. Me apontem onde não roubaram. É por isso que o chefe da quadrilha está preso. A jararaca f..... O Brasil.

  7. OPJ disse:

    Pelo visto a corrupção se tornou um negócio de família. É pai, mulher, filhos todos na esbórnia com o dinheiro público.

  8. EDUARDO disse:

    Pra que existem esses órgãos de "fiscalização"? Tanto eles como os órgãos públicos não essenciais só servem mesmo como fonte de renda para ladrões. Isso sim os Bolso deveriam combater.

    1. Mais um Bolsopata. Em português deveriam significa que HOJE deveriam combater. Significa coisa que aconteceu no passado e continua acontecendo. Combater TODA corrupção atual e anterior.

    2. Larga a mão de ser idiota. São crimes cometidos no passado

  9. Francês disse:

    Paul Altit e Paulo, do que lhes agora ter prejudicado seus colaboradores? Traidores de meuda de uma empresa corrupta...que ardam nos fogos do inferno...minhas pragas serão eternas