Justiça autoriza Paulo Preto a deixar prisão domiciliar para votar

Justiça autoriza Paulo Preto a deixar prisão domiciliar para votar
Foto: Robson Fernandes/Estadão/ Conteúdo AE

A Justiça Federal de São Paulo autorizou Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, a passar o próximo fim de semana na capital paulista para votar na eleição para prefeito e vereador.

Apontado como operador de propinas do PSDB, o ex-diretor da Dersa está em prisão domiciliar em Campos do Jordão.

LEIA AQUI a reportagem de Fabio Leite na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: A verdadeira sabatina de Kassio Marques.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 6 comentários
TOPO