Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça bloqueia bens do presidente da CNC

Tadros é acusado de ter causado prejuízo de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos no período em que comandou o Sesc do Amazonas
Justiça bloqueia bens do presidente da CNC
Foto: Divulgação

A Justiça do Amazonas bloqueou os bens do presidente da Confederação Nacional do Comércio, José Roberto Tadros, em uma ação de improbidade movida pelo Ministério Público amazonense, diz a Crusoé.

Tadros é acusado de ter causado prejuízo de R$ 1,2 milhão aos cofres públicos no período em que comandou o Sesc amazonense, antes de assumir o comando da entidade máxima do empresariado comercial do país, em 2018.

Na ação, a Promotoria afirma que o atual presidente da CNC atuou “simultaneamente, como locador e locatário”.

Leia aqui a íntegra.

Mais notícias
TOPO