ACESSE

Justiça condena Haddad a pagar R$ 200 mil a promotor

Telegram

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou Fernando Haddad a pagar R$ 200 mil reais de indenização ao promotor Marcelo Milani, informa o G1.

A decisão é de primeira instância –cabe recurso.

Milani, que trabalha no MP-SP, processou o ex-prefeito pela acusação de que o promotor teria pedido R$ 1 milhão de propina para não mover uma ação civil pública relacionada à construção do estádio do Corinthians.

A acusação foi investigada pelo TJ-SP e pela Corregedoria do MP, mas nos dois casos o petista não conseguiu comprová-la.

Em nota, a assessoria do candidato derrotado na eleição presidencial informou que a defesa apresentará os recursos cabíveis assim que receber a intimação.

Você precisa entender o governo Bolsonaro. Mas não conte com a grande imprensa. Leia AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 56 comentários