Justiça condena juiz a pagar multa de R$ 2,1 bilhões

A Justiça Federal no Rio de Janeiro condenou o juiz Sidney Merhy Monteiro a pagar multa de R$ 2,12 bilhões aos cofres públicos.

Ele foi acusado de causar prejuízos de mais de R$ 1 bilhão por irregularidades em 2008 na 4ª Vara Federal de São João de Meriti.

Segundo o Ministério Público Federal, autor da ação de improbidade, Monteiro levou a vara “a uma situação caótica, com mais de 5.300 processos conclusos sem andamento há mais de 180 dias e mais de 700 petições protocoladas pendentes de juntada”.

Enquanto atrasava centenas de processos, o juiz acelerava outros casos, deixando casos de interesse da Fazenda Nacional aguardando por anos uma resolução.

Monteiro já está afastado por aposentadoria compulsória, mas o MPF ainda busca romper o vínculo com a magistratura, para impedir recebimento das pensões.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 66 comentários
  1. Não vai devolver nada e já foi premiado com aposentadoria compulsória com vencimentos integrais. Quanto morrer vai deixar pensão para mulher e filhas. Judiciário brasileiro é PODRE ! Nojo !

  2. 2,2 BILHÕES? Existe tanto dinheiro assim? E nas mãos de um servidor público? Aliás, servia ao público ou a si mesmo?Multa não é confiscatória…então o cara “possui” mesmo tanta grana. Orig

  3. Justiça inexequível é injustiça. Nem o Juiz Lalau (celebre Nicolau) chegou a 10% disso. Parece coisa simulada. Finge que condena para aparentar rigor, mesmo sabendo que é impossível de ser cobra

  4. Aí eu pergunto: e o famigerado stf que só tem expediente pro ladrão. Imagino a quantidade de processos que já estão de a muito caducando porque as excrescências não tem interesses $$$$.

  5. 2 Bilhoes? Nem pedindo isso pro Lula ou pro FHC ele consegue esse montante. Algumas leis e condenações sao irreais e irresponsaveis depois qdo um certo STF barra fica todo mundo puto da vida

  6. Que paradoxo. No Sul, afastaram o Juiz Cordiolli que trabalhava demais, foi chamado de louco. E no RJ, afastaram esse juiz que não trabalhava e lesou o estado. Afinal, eu preferia o Cordiolli.

    1. Ele tirou todos os recursos do delegado Cleyber Malta Lopes, responsável pelo Inquérito dos Portos. Quando sai essa joça?

  7. é o único país do mudo onde ladrão / salafrário é condenado e continua recebendo os “proventos “!!!! quando é que vamos ter vergonha na cara e acabar com tanto “esprit de corps”!!!!

  8. Se a “moda pega”, o ex-juiz de Búzios, João Carlos de Souza Correa, também terá que pagar multa bilionária. Particularmente eu duvido, pois o corporativismo aqui no RJ é repugnante.

    1. Como aqui no Rio tudo é uma ZONA, não se tem notícia da investigação sobre obras superfaturadas no TRE e no TJ. O principal suspeito era Luiz Sveiter e uma das construtoras envolvidas era a Delta

  9. E como recompensa por ter roubado, ganha aposentadoria com proventos integrais! Se só esse juiz passou a mão em mais de 2 BI, imagina o quanto os ministrecos do STF não roubaram! Revolta Tributári

  10. Coitado, aposentaram compulsoriamente. Vai ter que ir à praia todos os dias, viajar pela Europa sem data para voltar. É uma tristeza, uma desumanidade o que fazem com esse tipo de servidor.