Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça dá 10 dias para Sérgio Camargo dizer se quer conciliação com Tabata

A parlamentar entrou com uma queixa-crime por difamação depois o presidente da Palmares usou as redes sociais para insinuar que ela foi racista
Justiça dá 10 dias para Sérgio Camargo dizer se quer conciliação com Tabata
Reprodução/Redes sociais

O juiz Renato Borelli, da Justiça Federal do Distrito Federal,  deu dez dias para o presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo (foto), informar se tem interesse em participar de uma audiência de conciliação com a deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP).

A parlamentar entrou com uma queixa-crime por difamação e falsa acusação de injúria racial depois que Camargo usou as redes sociais para insinuar que ela foi racista ao denunciá-lo por fake news.

Camargo compartilhou um diálogo fake em que Tabata teria escrito “Me deixa menstruar, Bolsonaro e recebido, do presidente, a resposta: “E quando foi que eu proibi?”.

Tabata é uma das autoras dos projetos vetados por Bolsonaro na semana passada que instituiriam a distribuição gratuita de absorventes para mulheres brasileiras de baixa renda. Ela articula com outras parlamentares a retomada do projeto no Congresso.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....