Justiça de gênero

Lauro Jardim informa que Cármen Lúcia, Raquel Dodge, Laurita Vaz e Grace Mendonça foram convidadas para um jantar na embaixada da França.

Dias atrás, se reuniram para tomar chá.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 29 comentários
    1. Vai esquentar a barriga no fogão, vai engomar o colarinho da camisa do seu marido, vai esfregar o chão da cozinha, vai tricotar enquanto fofoca com as amigas. Ou, feminista que é, vai colar velcro com a sua “cumpanhera”.

    2. Ô babaca! Eu pago lavanderia, e adoro cozinhar, mas só quando estou com sako. Se depender de mim, ele come na casa da outra ou da mãe… Gargalhando…rs Não me interessa servidão… Só a salsicha dele.

    3. Paga nada, lava, passa e engoma, cozinha todo dia e ainda passa as calcinhas da outra, que deve ser 20 anos mais nova. Faz um sexo burocrático e cola velcro nas (poucas) horas vagas.

    1. Num tem isso de politicamente correto, não. Se os ícones da Direita gostam de estuprar bicos, o problema deses é com os Direitos dos Animais. Se gostam de brincar com rolas infláveis, como o MBL, o problema deles é com as suas mulheres, se for o caso… E ninguém tem nada com isso.

    1. deve ser vergonha duuuuus audios caro baszzzileirooooooooo. esse é o probremaaa, a memória é curta e viva BOBONNER COM SEU CIRCO AS 20:30, CIRCO + BANANENSES NA TELA KKKKKKKKKKKKK

  1. «Caetano Veloso ser primitivo e inferior»
    Tanto subliminarmente,
 como espiritualmente.
    Caetano Veloso Comparado com o musicista Bach

    é um ser do mundo inferior.

    Torna-se, nessa comparação um ser inferior.
    Regressão da audição, as tais musiquinhas.
    Não tem nada a ver com gôsto.
    Cento e dez zeros
    à esquerda de Beethoven [110 zeros].
    Ponto.
    ====== FIM ======

  2. Os tradiconais rapapés de Brasilia, onde reunem-se em jantares e agora chás, enquanto a durissima realidade brasileira fica do lado de fora. Pra que Carminha iria querer se mudar mesmo DO Brasil, né?