Justiça de SP mantém investigação sobre deputado que apalpou colega

Justiça de SP mantém investigação sobre deputado que apalpou colega
Foto: Agência Alesp

O Tribunal de Justiça de São Paulo negou um recurso do deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) para impedir as investigações por importunação sexual. Em dezembro, o deputado foi flagrado apalpando  a deputada Isa Penna (PSOL).

O Ministério Público marcou o depoimento de Cury para a próxima terça (2).

Na acusação, a deputada Isa Penna afirma que o “toque foi sem anuência” e que o ato foi libidinoso por ter sido direcionado às partes íntimas.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO