ACESSE

Justiça derruba sigilo sobre bens de controladores da Odebrecht

Telegram

O TJ-SP derrubou liminarmente o sigilo judicial sobre os bens particulares dos sócios controladores e dos administradores do Grupo Odebrecht, informa a Folha.

O segredo havia sido determinado nos autos do processo de recuperação judicial que envolve 21 empresas da organização, com dívidas de mais de R$ 98 bilhões.

Com a recuperação judicial, explica o jornal paulistano, foram suspensas as execuções, e a Odebrecht ganhou fôlego para tentar se reestruturar e evitar a falência.

O grupo terá de apresentar uma proposta de pagamento das dívidas, a ser aprovada pelos credores em assembleia. Ao derrubar o sigilo, o desembargador Alexandre Lazzarini afirmou não ser plausível que os credores não tenham acesso a todos os documentos do processo.

ATAQUE À LAVA JATO, ATENTADO À LIBERDADE DE IMPRENSA... ATÉ ONDE O HACKER FOI? Saiba mais

Comentários

  • Massaaki -

    Por que se as empresas não tiverem bens suficientes, entra-se no patrimônio dos sócios-acionistas e familiares. Estou enganado?!...

  • Rodrigo -

    Onde foi o corte? Contingênciamento não é corte ainda... A imprensa ajuda a propagar falácias... Porque não ajudam a falar quanto custa um universitário brasileiro? Vergonha!

  • GILMAR -

    Logo logo o nosso" grande STF,",será acionado.

Ler 7 comentários