ACESSE

Justiça do Paraná manda prefeito suspender interdição de praias

Telegram

A Justiça do Paraná mandou a Prefeitura de Guaratuba, no litoral do estado, suspender a proibição do acesso às praias do município.

Em sua decisão, o desembargador José Maurício Pinto de Almeida afirmou que a decisão sobre interdição de praias cabe à União.

“Para arrematar a questão, as praias são bens públicos de uso comum do povo de propriedade da União e, nos termos da legislação federal pertinente ao gerenciamento costeiro, a imposição de restrições ao acesso, trânsito e permanência na praia somente encontra justificativa nos casos de interesse da segurança nacional ou se aquelas se encontram inclusas em áreas de proteção ambiental.”

As praia de Guaratuba estavam interditadas desde 4 de abril. Decreto do prefeito Roberto Justus (DEM) determinava multa de R$ 1 mil para quem descumprisse a ordem.

Arte: O Antagonista

Leia também: O que sabemos sobre a cloroquina

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 33 comentários