ACESSE

Justiça do RJ suspende compra de cestas básicas por fundação ligada a vice de Witzel

Telegram

O juiz Bruno Bodart, da 7ª Vara da Fazenda Pública do Rio, determinou nesta sexta (3) a suspensão de pagamentos e processos de compra de cestas básicas pela Fundação Leão XIII, ligada ao gabinete de Cláudio Castro, o vice de Wilson Witzel.

A decisão, liminar, foi tomada no âmbito de uma ação de improbidade administrativa aberta pelo MP-RJ, que alega superfaturamento de R$ 2,8 milhões no contrato do governo com a empresa Cesta de Alimentos Brasil.

Leia AQUI a reportagem de André Spigariol na Crusoé.

Leia mais: Moro exclusivo: em qual país você quer viver? Clique AQUI para ler na íntegra

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários