Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Justiça Eleitoral condena candidato do Novo que criou perfis falsos para atacar adversário

A juíza Hadja Rayanne, da 3ª Zona Eleitoral de Natal, condenou o candidato a prefeito Fernando Pinto (Novo) a pagar multa de R$ 5 mil por criar perfis falsos para atacar o adversário Kelps Lima (Solidariedade).

De acordo com o processo, a campanha de Fernando Pinto criou diversos perfis fake no Instagram para divulgar as hashtags #fakelima e #kelpsfake. Esses perfis, segundo a defesa de Kelps Lima, seriam robôs programados para postar apenas ataques ao candidato.

Para a juíza Hadja Rayanne, Fernando Pinto cometeu o delito eleitoral de propaganda antecipada, já que os perfis foram criados em 4 de agosto, antes do período oficial de campanha, que começou em setembro.

“Com a projeção que as redes sociais estão alcançando no âmbito do direito eleitoral, se o uso de perfis falsos não for enfrentado e coibido pela Justiça, a própria democracia estará em risco, pois se devemos conviver com a divergência e liberdade de expressão, é imperioso repelir as odiosas práticas do anonimato e manipulação de informações”, escreveu a magistrada, na decisão divulgada pelo site Justiça Potiguar.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO