Justiça Eleitoral pode dar um ponto final aos políticos “colecionadores de dinheiro”

A Justiça Eleitoral é palco de uma história muito interessante — e reveladora da conduta de políticos brasileiros.

Junior Orosco, do PDT de São Paulo, foi candidato a deputado federal nas últimas eleições. Ao declarar os seus bens à Justiça Eleitoral, disse ter 1 milhão e 900 mil reais em espécie guardados em casa. Ou seja, seria mais um desses políticos “colecionadores de dinheiro”…