Justiça Federal homologa leniência da J&F

A Justiça Federal em Brasília homologou agora à noite o acordo de leniência do grupo J&F para fins penais.

Um mês atrás, diante da incerteza sobre a delação premiada dos executivos do grupo, que controla a JBS, os efeitos criminais do acordo tinham sido suspensos.

Vallisney Oliveira, o titular da 10ª Vara Federal em Brasília, fez audiência hoje com representantes do J&F, do MPF e da Advocacia-Geral da União.

No final, Vallisney concordou com o argumento do Ministério Público e do grupo de que a suspensão do acordo na esfera penal poderia prejudicar investigações em curso.

Assim, o juiz revogou a suspensão anterior, dando validade à leniência na esfera criminal.

Vale lembrar que o MPF abriu um procedimento de investigação que pode levar à anulação do citado acordo.

 

10 comentários

  1. LAdrões !
    E esse VALISNEY , JUIZ DA VIDA É MAIS UM ! NÃO É CONFIAVEL !
    Certamente fez um SIM]AO RACHID COM O) JANOTA DA GRANA DO JBS !
    ESSE ACORDO È NULO DE PLENO DIREITO !

  2. Quando houver crimes praticados pelos executivos das empresas, eles devem ser punidos e não as empresas!!!! Afinal, a J&F, sadia/Perdigão, representam uma fonte de divisas para o pais. São os maiores fornecedores de proteína animal do planeta!

  3. Prenderam os bandidos para acalmar o povo, fecharam a leniência e daqui a pouco soltam. Soltos e com acordo de leniência firmado, pelo visto. E o povo ROUBADO vai se escarnecido DE NOVO.
    SOS FFAA!

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.