Justiça intima governo a explicar sigilo sobre vacinas tomadas por Bolsonaro

Justiça intima governo a explicar sigilo sobre vacinas tomadas por Bolsonaro
Foto: Marcos Corrêa/PR

O juiz Adverci Abreu deu 72 horas para a Advocacia-Geral da União prestar esclarecimentos sobre a decisão do governo de decretar sigilo sobre o cartão de vacinação de Jair Bolsonaro.

Ontem, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, acionou a Justiça Federal para suspender a medida, válida por 100 anos. A Presidência vem negando à imprensa acesso ao documento, sob alegação de que as informações “dizem respeito à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem”.

Na ação, Gleisi diz que há interesse público no cartão. “Esse assunto se encontra no centro do debate político, possui notória relevância social”, diz a ação.

Leia mais: Nenhum assunto é tabu para a Crusoé: além de fiscalizar TODOS os poderes, a revista tenta responder a questões que permeiam a sociedade brasileira
Mais notícias
TOPO