ACESSE

Justiça liberta Paulo Preto

Telegram

O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, apontado como operador do PSDB, foi solto nesta quarta-feira (18), informa O Globo. Ele estava preso em Curitiba havia um ano.

O juiz federal Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, acatou o argumento de que Paulo Preto tem mais de 70 anos e se enquadra no grupo de risco para o novo coronavírus.

Moreira atendeu a pedido do MPF em São Paulo –que, conforme publicamos ontem, pediu prisão domiciliar para o operador tucano após recomendação do CNJ.

Leia também: Coronavírus: Informação precisa e fidedigna é ainda mais importante.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 57 comentários