ACESSE

Justiça livra Paulo Preto de crimes de lavagem de dinheiro anteriores a 2011

Telegram

O juiz federal Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Criminal de São Paulo, determinou a prescrição dos crimes de lavagem de dinheiro praticados pelo engenheiro Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, antes de março de 2011, informa Fabio Leite na Crusoé.

O período engloba a atuação dele como diretor da Dersa, estatal paulista de obras viárias, durante o governo do tucano José Serra (2007-2010).

A decisão, publicada nesta quarta-feira, considerou que as penas máximas que poderiam ser aplicadas a Paulo Preto foram reduzidas pela metade, pois o operador do PSDB completou 70 anos em março do ano passado. Apesar da medida, ele continua preso no Paraná e respondendo, na mesma ação, a outros crimes de lavagem de dinheiro posteriores a 2011 e à acusação de embaraço à investigação de organização criminosa.

Leia:

Justiça livra Paulo Preto de crimes de lavagem de dinheiro anteriores a 2011

A Crusoé não hackeia, mas investiga, apura, prova e publica Saiba mais

Comentários

  • ADONIS -

    São Paulo é o túmulo do samba e da justiça.

  • Sueli -

    Vergonhoso. O PSDB aparelhou todo o judiciário de S Paulo.

  • Eduardo -

    Vitória do Gilmarismo.

Ler 37 comentários