Justiça manda PT-SP dar 40% de seu fundo eleitoral a ex-publicitário

Justiça manda PT-SP dar 40% de seu fundo eleitoral a ex-publicitário
Foto: Bruno Poletti/Folhapress

O diretório estadual do PT em São Paulo foi condenado a repassar 40% do fundo eleitoral deste ano para o ex-dirigente petista e publicitário Valdemir Garreta, informa o Painel da Folha.

Cabe recurso contra a decisão da juíza Mariana de Souza Neves Salinas, do TJ-SP, anunciada na última sexta-feira (18).

Garreta processou o PT por dívidas da campanha de 2014, em que cuidou da comunicação de Alexandre Padilha na disputa pelo governo paulista e de candidatos a deputado no estado.

Em 2017, o publicitário fez um acordo com a sigla para receber parcelas mensais de R$ 102 mil do fundo partidário. Agora, a decisão da juíza deve garantir a Garreta cerca de R$ 9 milhões do fundo eleitoral, que seriam abatidos da dívida, calculada em R$ 26 milhões.

Procurado pelo jornal, o PT-SP disse que dirigentes e advogados estão avaliando a decisão.

Leia mais: Como o cerco da PGR à Lava Jato beneficia petistas e tucanos
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 29 comentários
TOPO